Lobão diz que vai entregar cargo

O nome de Nelson Barbosa estaria entre os cotados pelo Palácio do Planalto para assumir o lugar do ministro Guido Mantega

iG Minas Gerais |


Ministro de Minas e Energia disse que pode entregar o cargo hoje
Foto: Elza Fiúza/ Agência Bras
Ministro de Minas e Energia disse que pode entregar o cargo hoje

Brasília. O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, também entregará uma carta de demissão à presidente Dilma Rousseff nos próximos dias, como alguns colegas. Aliados da presidente veem a saída de Lobão do ministério como certa. “Não entreguei ainda, vou entregá-la, até porque é uma recomendação para todos fazerem. Entregarei amanhã (hoje), ou na segunda-feira, ou na terça”, disse.  

Em discurso a agentes do setor elétrico em Brasília, Lobão disse ter orgulho do corpo técnico e das instituições integrantes do ministério do qual está à frente de maneira intermitente há seis anos.

“Eu, amanhã, posso sair daqui, outro virá, outro pode sair, e o sistema prosseguirá, porque está estruturado em bases realistas e responsáveis”, discursou.

Ontem, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, confirmou que já entregou sua carta de demissão e disse que sua iniciativa e a dos colegas são um ato “meramente simbólico”. Na visão do titular da Justiça, as cartas entregues a Dilma são um gesto de que “cabe a ela” escolher a futura equipe.

Convite. O ex-secretário executivo do Ministério da Fazenda Nelson Barbosa afirmou ontem que não foi convidado para ser ministro do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff. “Não fui convidado ou sondado para nenhum cargo. Continuo na área de ensino e pesquisa da EESP-FGV e do Ibre (Instituto Brasileiro de Economia). Portanto, não posso falar sobre algo que não existe”, disse.

O nome de Nelson Barbosa estaria entre os cotados pelo Palácio do Planalto para assumir o lugar do ministro Guido Mantega.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave