Contagem receberá instalação de câmeras

Projeto Olho Vivo pretende instalar câmeras de videomonitoramento espalhadas pela cidade que deve receber mais de 92 equipamentos

iG Minas Gerais |


Em funcionamento.

 Câmeras do programa Olho Vivo já instaladas, na rotatória próxima ao restaurante Mafunfo, no Centro de Contagem
RICARDO LIMA
Em funcionamento. Câmeras do programa Olho Vivo já instaladas, na rotatória próxima ao restaurante Mafunfo, no Centro de Contagem

Contagem inicia o processo de instalação de mais 92 câmeras de videomonitoramento do projeto Olho Vivo, em diversos pontos da cidade.

Atualmente são cerca de 30 câmeras. A previsão é que as outras 92 estejam instaladas até o fim do ano, de acordo com a Secretaria de Defesa Social.

As câmeras serão instaladas por toda a cidade, priorizando os centros comerciais e locais com mais fluxo de pessoas. Os locais foram definidos seguindo critérios estatísticos da Polícia Militar, de acordo com os índices de criminalidade.

O prefeito Carlin Moura reforça a importância da promoção da segurança. “A forma mais eficaz de promover a paz é a junção entre políticas públicas de valorização da cidadania e resgate da juventude com ações de prevenção e repressão. As câmeras trarão mais segurança para nossa cidade”.

Entre os locais já definidos para a instalação das novas câmeras estão as avenidas Alvarenga Peixoto, JK e Tiradentes, na região Industrial, José Faria da Rocha, no Eldorado, João Gomes Cardoso e Princesa Isabel, na Ressaca, e avenidas Cardeal Arco Verde e Água Branca.

Segundo estatísticas do governo estadual, as câmeras reduzem em até 50% os índices de criminalidade na região em que são instaladas.

O secretário municipal de Defesa Social, José Rodrigues, ressalta as ações de promoção da segurança feita pela gestão municipal, apesar da segurança pública ser um dever constitucional do Estado.

“Nosso objetivo é agir na prevenção. Estivemos nas universidades da cidade para debater iniciativas para aumentar a segurança no entorno das instituições. Além das 92 novas câmeras de videomonitoramento, estamos elaborando projetos sociais e intensificando os estudos sobre o fenômeno da criminalidade, para auxiliar a construção de políticas eficientes”, destacou.

Parcerias

Para comportar as novas câmeras, a Secretaria Municipal de Defesa Social está ampliando o centro de monitoramento e treinando servidores para o serviço. Além disso, a prefeitura assinou convênio com a Cemig para utilização dos postes da empresa para instalar as câmeras.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave