Eletrônico em molde gringo

Evento de música eletrônica na Esplanada do Mineirão traz pela primeira vez à capital os DJs Afrojack e Nick Romero

iG Minas Gerais | LUCAS SIMÕES |

Trio. Afrojack (esquerda) e Nicky Romero (direita) foram apadrinhados e colaboram com David Guetta
tomorrowland 2013 crew
Trio. Afrojack (esquerda) e Nicky Romero (direita) foram apadrinhados e colaboram com David Guetta

Depois de trazer shows de David Guetta e Beyoncé, a terceira edição do NET Festival retorna à capital mineira com megaprodução, atrações internacionais inéditas, a exemplo dos badalados Afrojack e Nicky Romero, e um grupo de DJs nacionais com feelings aflorados, como os mineiros do Dirtyloud. Nos moldes dos festivais gringos, o evento vai ocupar a Esplanada do Mineirão amanhã, entre 14h e meia-noite – em dez horas ininterruptas de beats e loops, que aguardam a presença de 15 mil pessoas.

Esse é o primeiro evento dedicado à música eletrônica na Esplanada do Mineirão, que neste ano recebeu o peso de Guns N' Roses, Black Sabbath e Linkin Park. Em uma área de 80 mil metros de área livre, a organização do NET Festival vai montar um espaço lounge com mesas e cadeiras especiais, além da tradicional pista premmium de 70 metros de comprimento, que privilegia parte do público. “São várias horas de evento, com público jovem e muito agitado. Pensamos em manter o conforto das pessoas que vão estar lá, propiciar espaços diferentes para o público aproveitar com folga”, diz Aluizer Malab, que produz o festival.

Entre as atrações principais, está Nick van de Wall, mais conhecido como Afrojack. Aos 27 anos, o holandês é queridinho do circuito europeu como DJ e produtor encarregado de hits de Madonna, David Guetta e Lady Gaga. Em seu primeiro show na capital, o holandês vai mostrar parte do seu primeiro álbum “Forget The World”, lançado em maio deste ano.

Conterrâneo de Afrojack, o DJ Nicky Romero, de apenas 24 anos, é um dos principais expoentes do progressive house e chegou ao posto de sétimo melhor DJ do mundo, segundo a “DJ Magazine”, após o single “Like a Home” ganhar as rádios dos EUA e da Europa em junho deste ano.

Do line-up brasileiro, o duo Dirtyloud, formado por Marcus Vinícius e Eduardo Nascimento, fará uma apresentação especial e rara, uma vez que a dupla só toca em grandes eventos devido à carreira solo dos dois DJs. Ansiosa, a dupla espera improvisar bastante, além de tocar hits conhecidos do púbico. Só como contexto, os dois são responsáveis pela produção e remixe do hit “Dare (La La La)”, tema da Copa do Mundo interpretado por Shakira, além de terem remixado a canção “Hold Me”, de Yoko Ono. “É uma chance ótima tocar ao ar livre, fazer um circuito com músicos conhecidos e ter mais visibilidade”, diz Marcus Vinícius.

As outras atrações do festival ficam por conta do mineiro Carlos Kroeff, que abusa da house music, o techno de Alok Petrillo e Rafael Carvalho, além de Bobby Burns, outro holandês dedicado ao house music.

Agenda

O quê. NET Festival

Onde. Esplanada do Mineirão (avenida Antônio Abrahão Caram, 1.001, Pampulha)

Quando. Amanhã, entre 14h e meia-noite

Quanto. Pista comum: R$200 (inteira) e R$ 100 (meia); Pista Premmium: R$ 280 (inteira) e R$ 140 (meia); Os ingressos para área lounge e mesas estão esgotados

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave