Prefeitura nega abandono

Assessoria rebateu denúncias

iG Minas Gerais | Da Redação |

Sobre a denúncia de falta de combustível, a prefeitura informou que, há cerca de seis meses, os condutores das ambulâncias do Samu foram orientados a abastecer os veículos, aos sábados, domingos e feriados, até 12h. “No fato ocorrido na semana passada, descrito de forma incompleta e tendenciosa pelo vereador Antônio Carlos (PT), o condutor da referida unidade móvel não seguiu a orientação e não abasteceu a ambulância até o horário determinado. Apesar da falha, que gerou advertência ao mesmo pela gerência do Samu, nenhum atendimento foi prejudicado”. “Quando o veículo foi demandado, optou-se por fazer a transferência de combustível entre unidades móveis para que não houvesse o risco de o mesmo acabar sem que o atendimento fosse finalizado”, declarou.

Com relação à denúncia de que um dos veículos estaria quebrado, e os demais funcionando com problemas, a prefeitura disse que também não procede.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave