Com três representantes, Brasil vai com tudo no Red Bull Street Style

Pelourinho será palco do evento que contará com 51 jogadores de 42 países fazendo mágica com a bola nos pés

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Ricardo e Lucas enfrentarão batalhas de alto nível na capital baiana
MARCELO MARAGNI
Ricardo e Lucas enfrentarão batalhas de alto nível na capital baiana

Os responsáveis por defender o Brasil em Salvador, na final do Mundial do Red Bull Street Free Style, campeonato onde os participantes mostram habilidade e ousadia ao fazer 'embaixadinhas', já estão definidos.

Na manhã desta quinta-feira. o paraense Ricardo de Araújo, de apenas 16 anos e o paulista Lucas Menezes, de 20, garantiram presença ao vencer a classificatória nacional. Eles se juntam ao pernambucano Pedro Oliveira, de 21 anos, que já havia confirmado presença ao vencer o Superball.

A disputa entre os cinco concorrentes foi dura. Apesar da pouca idade, Ricardinho mandou bem e venceu todas as três batalhas que participou.

"Passar em primeiro me deixou mais seguro para a final porque, se eu passasse em segundo, ia saber que um dos caras que está ali já é melhor que eu. Além disso, ter disputado algumas batalhas tirou muita pressão das minhas costas", mostra o garoto.

Já Lukinhas teve vida mais complicada. Ele ficou empatado com os adversários e só se classificou no número de votos, que entrou como critério de desempate.

A brigas, agora, serão ainda mais complicadas. "Agora não dá mais pra escolher adversário. Queria pegar um adversário forte logo de cara e sair batalhando contra os melhores desde o início. Enfrentar alguém mais fraco pode ser mais fácil, mas queria me classificar já enfrentando alguns dos grandes", aponta o paulista.

No sábado, ele completa 22 anos e uma presença na final seria bem-vinda. "Essa vaga seria o meu maior presente de aniversário", decreta.

Ao todo, 51 jogadores estarão participando, defendendo 42 países. Eles se enfrentam em eliminatórias no sábado e a grande final, com 16 jogadores, está marcada para domingo, a partir das 14h30. O evento está marcado para o Pelourinho e o Brasil busca conquista inédita.