Homem é preso suspeito de furtar vaca para servir carne em casamento

Equipe da Força Tática fazia patrulhamento quando os policiais viram uma pessoa suja de sangue no km 400, que tentou se esconder, mas não conseguiu

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um auxiliar de produção de 28 anos foi preso pela Polícia Militar na noite desta quarta-feira (12) na zona rural de Franca (a 400 km de São Paulo) suspeito de furtar e matar uma vaca. Ele, que não teve o nome revelado, disse que serviria a carne em seu casamento, marcado para o próximo sábado (15).

Segundo a PM, uma equipe da Força Tática fazia patrulhamento na rodovia Candido Portinari quando os policiais viram uma pessoa suja de sangue no km 400, que tentou se esconder, mas não conseguiu. Abordado, o auxiliar confessou que furtou o animal para servir a carne aos convidados. O crime ocorreu às 23h30.

As vísceras e a cabeça da vaca foram jogadas numa vala. A carne estava no pasto. Ele foi conduzido à delegacia, mas não pagou fiança, estabelecida em R$ 2.200, e foi encaminhado para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Franca.

Com o valor da fiança, seria possível comprar cerca de cem quilos de contrafilé (R$ 22 o quilo). Um outro homem chegou ao local no momento da ocorrência para levar a carne, mas disse que não sabia que o produto era furtado. Ele foi ouvido e liberado. A carne foi descartada no aterro sanitário.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave