PF investiga denúncia de vazamento do tema da redação do Enem 2014

Imagem da suposta prova teria sido enviada para o celular do estudante pelo Whatsapp, aplicativo de mensagens, na manhã do último domingo, dia que foi aplicada a avaliação

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Inep disse que a Polícia Federal
Reprodução
Inep disse que a Polícia Federal "está realizando perícias no aparelho"

Um candidato do Piauí procurou a Polícia Federal nesta quarta-feira para informar que teria recebido o tema da redação do Enem 2014 antes de o exame ser aplicado.

A imagem da suposta prova teria sido enviada para o celular do estudante pelo Whatsapp, aplicativo de mensagens, na manhã do último domingo, quando foram aplicadas as provas de matemática, linguagens e redação. O aparelho foi apreendido pelos policiais e o caso está sendo investigado.

Em seu perfil em rede social, o estudante Jomasio Barros publicou na tarde do domingo uma imagem da mensagem que teria recebido e afirmou: "E agora? Como um exame a nível nacional pode ser totalmente seguro e confiável se o tema da proposta de redação já tinha chegado até em mim...". Segundo informações de sua página pessoal, ele mora em Picos (PI) e é estudante de direito.

Procurado nesta quinta-feira (13), o Inep, órgão do Ministério da Educação responsável pelo Enem, destacou que a Polícia Federal "está realizando perícias no aparelho".

"Desde o início do exame outras denúncias foram recebidas e, quando apuradas, todas se mostraram infundadas. O Inep trabalha em conjunto com a PF para dar, cada vez mais, rigor e segurança à aplicação do exame, garantindo assim a isonomia entre os participantes", diz a nota.

Neste ano, 8,7 milhões de pessoas se inscreveram para fazer o Enem. O tema da redação foi a "publicidade infantil em questão no Brasil".

Leia tudo sobre: Inepvazamentoproposta de redaçãoenem 2014polícia federalpiauíbrasilexame