Muricy garante Luis Fabiano como titular no clássico com o Palmeiras

Para treinador, o atacante vem tendo um bom desempenho nos últimos jogos do São Paulo e por isso será mantido na equipe principal

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Atacante está pressionado pela boa fase de seus companheiros
Rubens Chiri/São Paulo
Atacante está pressionado pela boa fase de seus companheiros

Autor do gol do São Paulo no empate por 1 a 1 com o Inter, nesta quarta-feira (12), o atacante Luis Fabiano já tem lugar garantido no clássico de domingo (16), contra o Palmeiras.

Mesmo com a recuperação de Alexandre Pato, que estava com uma contratura muscular e não joga há quase um mês, o camisa 9 será mantido como titular.

"Para domingo, Luis é titular. O Pato machucou, está fazendo falta, porque é diferente, mas nesse momento é difícil ele entrar", disse o técnico Muricy Ramalho em entrevista coletiva após a partida no Morumbi.

"Todos os jogadores sabem que é assim. O cara estava esperando oportunidade. Entrou, fez o gol, deu passe para outro gol e marcou de novo. Não tem como. Ele é titular no clássico", acrescentou. Até a parada da Copa, Luis Fabiano vivia grande fase no clube tricolor e era titular absoluto da posição. Durante a intertemporada, porém, o atacante se machucou em um amistoso contra o Orlando City e perdeu espaço no time.

No último domingo (9), diante do Vitória, ele marcou um gol e deu assistência para Kaká fazer o seu.

ARBITRAGEM

Avesso a críticas à arbitragem, Muricy não conseguiu ignorar o erro do bandeira Kléber Lúcio Gil, que não anotou um impedimento no gol de Paulão, aos 17 min do primeiro tempo no Morumbi. Héber Roberto Lopes, árbitro da partida, validou o lance, e os visitantes saíram à frente do placar.

"Fui educadamente dizer que não pode, né?! Um bandeira que é da Fifa cometer um erro desse tamanho...", disse o técnico. "O cara é humano, erra, mas dessa vez ele errou muito forte, e em um jogo que era decisivo para nós. Não dá para aceitar esse tipo de erro, porque é muito grosseiro", acrescentou.

Com o resultado, o São Paulo, segundo colocado do Brasileiro, diminuiu a diferença em relação ao líder Cruzeiro para quatro pontos (63 a 67). O time mineiro, porém, tem um jogo a menos.

Leia tudo sobre: sao pauloluis fabianomuricy ramalhoclassicopalmeiras