Sindicato cobra promessas de campanha e auditoria interna

Segundo o dirigente, no encontro com a equipe de transição, foi pedido que seja feita uma auditoria interna, incluindo empreiteiras e prestadores de serviços

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

Jairo Nogueira está preocupado com a terceirização na Cemig
SAMUEL AGUIAR / O TEMPO
Jairo Nogueira está preocupado com a terceirização na Cemig

Independente de quem assumir a presidência da Cemig, o coordenador geral do Sindicato dos Eletricitários de Minas (Sindieletro-MG), Jairo Nogueira Filho, diz que irá cobrar as promessas de campanha de Fernando Pimentel (PT) como a garantia de não privatizar a empresa e a redução do número de terceirizados.  

Segundo o dirigente, no encontro com a equipe de transição, foi pedido que seja feita uma auditoria interna, incluindo empreiteiras e prestadores de serviços.

“A nossa preocupação é com gestão de pessoas dentro da empresa e com a relação dela com os consumidores. A tarifa aumentou e a qualidade do serviço caiu”, disse Jairo Filho.

Ele lembra que, durante a campanha, Pimentel garantiu que não iria privatizar a empresa. “Também foi prometido rever a política de dividendos. Hoje, temos 7.500 servidores e mais de 20 mil terceirizados. Esse número precisa diminuir. Há um concurso com validade até fevereiro. Essas pessoas precisam ser chamadas”, afirmou. Jairo ainda disse que outra reivindicação “é o fim da prática de demitir as pessoas quando elas completam 55 anos”. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave