Dentil-Praia Clube bate Rio do Sul fora de casa e segue sem perder

Equipe de Uberlândia não deu chances para as adversárias, que tiveram apoio das arquibancadas

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Praia Clube teve bom desempenho, mesmo com torcida contra
CLOVIS EDUARDO CUCO - DIVULGAÇÃO RIO DO SUL
Praia Clube teve bom desempenho, mesmo com torcida contra

O Dentil-Praia Clube cumpriu com as expectativas de vencer o Rio do Sul-Equibrasil-SC, mesmo longe de casa. Depois de vencer o São Bernardo Vôlei, em casa, na estreia, o time de Uberlândia foi bem contra as catarinenses, que tiveram grande apoio de sua torcida, na noite da última terça-feira. O placar de 3 a 1 (25/16, 27/25, 20/25 e 25/21) resumiu a superioridade do time do técnico Ricardo Picinin. Foi a primeira vez que o técnico Spencer Lee enfrentou seu ex-time.

A oposta Tandara saiu de quadra como a maior pontuadora, com 17 anotações, além de ter levado o troféu Viva Vôlei, como destaque do jogo.

“Acho que pecamos novamente nos erros, apesar de termos evoluído. Foi ruim por termos levado viradas de set quando dominávamos, mas fica o aprendizado”, lamenta a ponta Vanessa, do Rio do Sul.

Spencer Lee gostou do fato do seu time ter incomodado uma das favoritas ao título, mas acredita que suas jogadoras poderiam ter tido um melhor desempenho ba busca pelo primeiro ponto na competição. O resultado foi o mesmo da estreia, quando o Rio do Sul caiu, fora de casa, para o Rexona-Ades-RJ.

“É bom que tenhamos ganho mais um set contra um favorito. Mas é ruim pois foi apenas um set. Tivemos a oportunidade de chegar e conquistar um ponto na classificação. Mas não deu. Temos de treinar mais e melhorar. O espetáculo da torcida foi muito bonito, mas ficamos devendo um pouco nessa partida”, detalha.