Libertadores é obrigação para o Corinthians, diz Ralf

Equipe paulista ocupa atualmente o quinto lugar na tabela de classificação do Brasileiro, faltando cinco rodadas para o fim

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Restando cinco rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, o Corinthians continua na briga por uma vaga na Libertadores do ano que vem. Com os mesmos 57 pontos de Grêmio (terceiro) e Atlético (quarto), os corintianos ocupam a quinta posição da tabela, pois levam desvantagem nos critérios de desempate.

Para o volante Ralf, garantir a presença no torneio continental é uma obrigação da equipe alvinegra. "Um clube da grandeza do Corinthians não pode admitir ficar fora da Libertadores. Ficamos frustrados este ano, por isso esse objetivo é o mínimo que temos de cumprir", disse o jogador, em entrevista coletiva nesta quarta-feira (12), no centro de treinamento Joaquim Grava.

Os próximos adversários do Corinthians na reta final do Brasileiro serão Bahia, Goiás, Grêmio, Fluminense e Criciúma.

"Temos que ganhar o máximo possível de pontos. Libertadores é um objetivo e uma obrigação, temos de deixar o clube nessa competição", acrescentou Ralf, descartando fazer uma projeção de pontos para as rodadas futuras.

Diante do Bahia, no domingo (16), o time comandado pelo técnico Mano Menezes não poderá contar com um de seus principais atletas. Convocado para amistosos da seleção peruana, o atacante Guerrero não estará na Fonte Nova. Assim, Luciano é o mais cotado para jogar ao lado de Malcom.

Leia tudo sobre: corinthiansbrasileiroobrigaçaovagacopa libertadores