Mulher que usou 12 identidades diferentes para aplicar golpes é presa

Suspeita mantinha um sacolão no bairro Goiânia para lavar o dinheiro conseguido por meio dos golpes; ela foi detida enquanto tentava fazer um empréstimo usando documentos falsos

iG Minas Gerais | Da redação |

A mulher suspeita de ser uma das maiores estelionatárias de Belo Horizonte foi presa em flagrante pela Polícia Civil na tarde dessa terça-feira (11). Segundo a corporação,  L.N.O. foi detida quando estava em um banco da capital, tentando obter um empréstimo no valor de R$ 27 mil, usando um documento falso.

Para aplicar os golpes, a mulher chegou a usar 12 identidades diferentes. Os alvos da suspeita eram lojas e financeiras, onde ela usava os documentos para abrir crediários e até financiar veículos.

De acordo com a Polícia Civil, L.N.O. mantinha um sacolão no bairro Goiânia para lavar o dinheiro obtido com os crimes. Na casa dela, foram apreendidos diversos documentos falsificados em nome de diferentes pessoas.

O delegado Rodrigo Baptista Damiano, do 1º Departamento de Polícia Civil, dará mais detalhes do caso nesta quinta-feira (13).  

Leia tudo sobre: estelionatomulherpresaminas