Anfitrião instável, São Paulo aposta no Morumbi por taça

Time terá mais três jogos em casa nas últimas partidas do Brasileiro e precisa tirar a diferença de cinco pontos do Cruzeiro, para se aproximar da liderança

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Alan Kardec deve atuar pelo lado direito do campo, mas poderá fazer a função também de centroavante
RUBENS CHIRI/ SAOPAULOFC.NET
Alan Kardec deve atuar pelo lado direito do campo, mas poderá fazer a função também de centroavante

Após uma maratona de viagens e jogos como visitante, o São Paulo volta a atuar nesta quarta (12) no Morumbi, estádio que deseja transformar em aliado na disputa pela taça na reta final do Brasileiro. O jogo será contra o Internacional, às 22h, pela 35ª rodada.

Vice-líder do torneio, o São Paulo vai disputar três dos últimos cinco jogos em casa. Já o líder Cruzeiro terá mais duas partidas no Mineirão. Hoje, a diferença entre eles é de cinco pontos -67 a 62.

Mas, para manter o sonho de título, o São Paulo precisa ostentar como mandante o mesmo status que já ostenta como visitante. Ninguém somou tantos pontos fora de casa como o time paulista: são 28 em 17 jogos realizados.

Já como mandante o time tem deixado a desejar quando comparado com os sete primeiros colocados do Brasileiro, que são os clubes que estão na briga pelas vagas na Libertadores-2015.

O São Paulo somou 34 pontos em 16 jogos nestes jogos. A campanha supera apenas os números do Fluminense, com 33 pontos em 16 jogos.

É verdade que o time tricolor não atuou todas as vezes no Morumbi. O Pacaembu e Arena Barueri chegaram a ser utilizados uma vez cada -foram dois empates. Mas o clube também tropeçou dentro do seu próprio estádio .

Perdeu para o Fluminense e para a Chapecoense e empatou com o Criciúma e o Flamengo. Assim, perdeu oito.

Por isso o elenco não se ilude com a vantagem de fazer mais jogos em casa do que o rival Cruzeiro na reta final.

"Nós estamos focados em conquistar todos os pontos. Quem quer o título não pode deixar passar um ponto e nós já deixamos passar alguns", admitiu Alan Kardec.

Os jogadores também estão cientes de que para ser campeão precisam obter uma virada inédita: jamais uma equipe tirou diferença de cinco pontos do líder a cinco jogos do final do Brasileiro.

Para o duelo,  pouco mais de 10 mil bilhetes foram vendidos até esta terça-feira, porém a diretoria tricolor espera pelo menos 30 mil pessoas no Morumbi.

SÃO PAULO Rogério Ceni; Hudson, Paulo Miranda, Edson Silva e Reinaldo; Denilson, Souza, Ganso, Kaká e Michel Bastos; Alan Kardec T.: Muricy Ramalho

INTERNACIONAL Alisson; Wellington Silva, Alan Costa, Ernando e Fabrício; Ygor, Bertotto, Alan Patrick, Alex e Jorge Henrique (Valdívia); Nilmar T.: Abel Braga

Estádio: Morumbi, em São Paulo Árbitro: Héber Roberto Lopes (SC) Horário: 22h - Band e Globo (para SP)

Leia tudo sobre: sao paulocruzeirocampeonato brasileirointernacional