Wellington é nome favorito na Casa

O principal fiador político de Orlei na Casa, Léo Burguês, garante que a escolha reflete o tamanho da bancada do PTdoB, que tem quatro vereadores

iG Minas Gerais | Guilherme Reis |

A falta de diálogo com colegas e gestão centralizadora por parte do presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH), Léo Burguês (PTdoB), faz com que o vice-presidente Wellington Magalhães (PTN) seja o favorito para ser o próximo mandatário da Casa. O candidato à presidência do Legislativo apoiado por Burguês, Orlei Pereira (PTdoB), é visto como um nome sem estofo político para assumir o cargo e que representa o interesse apenas de seu partido.  

De acordo com um vereador que pediu para não ser identificado, os parlamentares veem em Wellington Magalhães a possibilidade de ter uma presidência mais democrática. “Léo Burguês toma todas as decisões sozinho. Os vereadores não querem uma presidência dessa forma. Isso provocou um desgaste na Mesa. Magalhães quer delegar mais e dividir responsabilidades. Faz seis meses que Magalhães e Burguês não conversam”, afirmou. Ele ainda garantiu que Magalhães terá o apoio do Executivo.

O principal fiador político de Orlei na Casa, Léo Burguês, garante que a escolha reflete o tamanho da bancada do PTdoB, que tem quatro vereadores. “Temos a segunda maior bancada da Câmara e ocupamos cargos importantes na Mesa. Temos condições de continuar presidindo o Legislativo”, ressaltou Burguês. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave