Descanso é o ‘treino’ para final

Brigando por dois títulos, Cruzeiro poupou principais atletas nos trabalhos desta semana

iG Minas Gerais | Bruno Trindade |

Na manha. 
Os jogadores que não ficaram na academia da Toca II ontem fizeram somente um treino leve para o duelo decisivo desta quarta-feira
Lincon Zarbietti / O Tempo
Na manha. Os jogadores que não ficaram na academia da Toca II ontem fizeram somente um treino leve para o duelo decisivo desta quarta-feira

A palavra de ordem para os jogadores do Cruzeiro, neste momento, é descanso. Por causa da desgastante sequência de jogos e dos difíceis confrontos contra o Santos, pela Copa do Brasil, e Criciúma, pelo Campeonato Brasileiro, os atletas titulares estão sendo preservados desde a reapresentação do elenco, na última segunda-feira, para a primeira partida da final da Copa do Brasil, nesta quarta, contra o Atlético. Na manhã desta terça, na Toca II, os cruzeirenses realizaram a última atividade antes do clássico. Egídio, Ricardo Goulart, Ceará, Mayke e Júlio Baptista ficaram apenas na academia. Bruno Rodrigo, Nilton, Willian e Everton Ribeiro participaram de um aquecimento no gramado e seguiram para a sala de exercícios. O restante do grupo reserva, contando com os titulares Lucas Silva e Moreno, que não iniciaram a última partida da Raposa, contra o Criciúma, foram ao campo para um treino com bola em campo reduzido.

A comissão técnica celeste está tomando todos os cuidados para que a equipe tenha fôlego e chegue com 100% de suas condições físicas para faturar o título da Copa do Brasil, e ainda conquiste o tetracampeonato brasileiro. Como está na disputa pelos dois canecos e sonha em repetir a Tríplice Coroa, assim como em 2003, Marcelo Oliveira escalou o que tinha de melhor na partida do último domingo.

Os catarinenses saíram na frente e exigiram muito esforço dos cruzeirenses para conseguir virar a partida e manter a diferença de cinco pontos para o vice-líder São Paulo. Enquanto isso, o Galo colocava, contra o Palmeiras, uma equipe totalmente reserva, já pensando no primeiro embate da final da Copa do Brasil. Mesmo assim, o atacante Willian não acredita que os atleticanos possam levar vantagem por estarem mais descansados.

“Os momentos são um pouco diferentes, até porque somos o líder. O Atlético está um pouco atrás e a gente não tinha motivos para poupar todo mundo. Então, o Marcelo Oliveira foi com força máxima. O importante é que conseguimos a vitória e o foco agora é a decisão. A gente teve, praticamente três dias para descansar. Com certeza, nesta quinta, às 22h, estará todo mundo levinho para correr e se entregar muito”, declarou.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave