Avacoelhada

iG Minas Gerais |

Parabéns para a Avacoelhada pelos 26 anos de incentivo ao América, cobranças de melhores desempenhos e tentativa de aumentar a participação e a influência dos torcedores nas análises e tomadas de decisões. De acordo com Paulo Borges e Tafurinho, a festa vai continuar. Mantendo o nosso espírito esportivo, social e cultural, o aniversário da torcida será comemorado no dia 13 de dezembro, às 15h, no Matriz Cultural. Haverá shows de artistas americanos e convidados. Entre eles: André Guimarães, Claudão Pilha, Cássio Araújo e Rena Amado. Com a colaboração do Amarelinho, da associação de ex-atletas, também acontecerá encontro de ex-jogadores do Coelhão. Ingressos antecipados, no valor de R$ 10, no Espetinho do Marquinho. Nos bastidores, expectativa pelo anúncio da nova formação do conselho de administração para os próximos três anos.

A voz da Massa Saudações alvinegras! Chegou o tão esperado dia da final da Copa do Brasil. Um jogo que vale mais do que o título, por se tratar de um clássico regional. Para o lado de lá, eu não sei, mas, para nós, mais do que uma vaga na Liberta, está em jogo a alegria de poder comemorar uma conquista nacional em cima do nosso maior rival. E o orgulho supremo de vestir a camisa alvinegra no dia seguinte e desfilar soberanamente pelas ruas, mostrando a todos o nosso grande amor pelo Galão. Apesar de não serem as conquistas que nos movem, mas, sim, a paixão pelo Galo, será mais do que gostoso comemorar um título nacional em cima do nosso arquirrival. Por isso, eu peço a vocês, jogadores, que lutem, se dediquem, vibrem, como já vêm fazendo até aqui. E a nossa parte nas arquibancadas, estejam certos de que nós faremos. Então, mais do que nunca, vai pra cima deles, Galo!  

Avacoelhada Saudações celestes, nação azul. Hoje, quando a bola rolar, as 22h, se iniciará uma batalha de 180 minutos. Tem que comer grama, Cruzeiro, correr como os gigantes de 93, dar a raça dos guerreiros de 96, lutar como os monstros de 2000, mostrar o futebol maravilhoso dos heróis de 2003 e se tornarem os espetaculares pentacampeões de 2014. Somos mais time, temos mais elenco, somos mais qualificados e não chegamos à final por sorte, chegamos por mérito e pela tradição da camisa azul estrelada. Aliás, vocês sabiam que o maior título da história de um ídolo deles foi a Copa do Brasil pelo Cruzeiro? Pois é, Éder Aleixo estava naquele time que foi campeão em cima do Grêmio em 93, já que pelo 6a1o seria um milagre ter um título de tamanha expressão. Cruzeiro, sei que você entrará para a história como o maior campeão do torneio. Sou mais Cruzeiro! EU TENHO CERTEZA!

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave