Comprar uma casa ou um lote?

iG Minas Gerais |

Recebo líquido R$ 1065 por mês. Já trabalho há seis anos de carteira assinada e, desde  então, venho depositando na poupança em média 50% do meu salário. Claro que há seis anos meu salário não era o que recebo hoje. Entrei ganhando na época R$ 570. Mas sempre depositei 50% do salário e, com essa média de 50% depositados, tenho hoje R$ 26.800. Tenho vontade de ter um lote ou uma casa, mas vejo que o mercado imobiliário está muito caro. Você como especialista em finanças acha que, com essa média de 50% em depósitos em poupança, tenho alguma chance de realizar essa minha vontade de ter uma casa ou um lote? Tenho na minha mente em chegar aos R$ 40.000 em 2015, seguindo essa média de depósitos mensais e contando com os juros que rendem na poupança. Pretendo olhar um lote ou uma casa quando chegar nessa meta de R$ 40 mil. Gostaria de sua opinião se estou fazendo certo ou se devo mudar alguma coisa nesses meus passos, ou se devo manter o ritmo. Me dê suas sugestões e conselhos como especialista na área financeira. Tenho lido seu livro e confesso que ele tem me ajudado muito. Abraços e fica com Deus. (José Livramento – Ibirité / MG) José, primeiramente gostaria de lhe cumprimentar por ter hábitos financeiros saudáveis. O primeiro deles é ter sonhos. E, mais do que isso, buscar formas de realizá-los. Em relação ao seu sonho, comprar uma casa ou um lote realmente ficou muito mais caro nos últimos anos. Em todas as cidades ocorreu uma valorização enorme do preço dos imóveis. Mas o que irá acontecer agora? Os especialistas se dividem. Alguns acham que os preços devem começar a cair ou, ao menos, não subir mais. Já podemos observar isso acontecendo em algumas cidades ou em áreas dessas cidades. Já não está fácil vender um imóvel pelo valor mais alto que ele já atingiu. Mas outros especialistas acreditam que ainda há espaço para valorização dos imóveis, especialmente onde não haja uma oferta significativa de imóveis. Isso quer dizer que podem existir áreas onde a combinação de falta de imóveis e grande procura faça com que os preços ainda subam mais. De qualquer forma, uma coisa já está acontecendo: as pessoas que querem vender imóveis rapidamente, muitas vezes, estão tendo que diminuir o valor pretendido. Já é momento de garimpar uma boa oferta. Outro excelente hábito que você mostra é poupar uma boa parte do seu salário. Com isso, você já conseguiu juntar uma boa quantia. E essa quantia está fazendo com que o seu sonho esteja cada vez mais perto. E você tem conseguido manter essa poupança a cada aumento de salário. Normalmente, as pessoas aproveitam os aumentos para consumir mais produtos ou serviços. Continue assim. Poupe o máximo que você conseguir. Como você disse que trabalha de carteira assinada há seis anos, você, com certeza, tem outra poupança que poderá ser usada na aquisição de um imóvel. É o seu Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Procure saber o seu saldo atual. Fazendo uma conta por alto com os valores de salário que você informou, você deve ter entre R$ 4.000 e R$ 5.000 já depositados. Neste mês, continuo com a promoção do livro “Meu Dinheiro”, buscando que mais pessoas possam adquiri-lo. Os leitores interessados podem me enviar um e-mail que retorno com as indicações de como proceder. No livro, são discutidos temas importantes sobre finanças pessoais de uma forma que ajude os leitores a melhorar o seu relacionamento com o dinheiro. Mandem dúvidas e sugestões para o e-mail carloseduardo@harpiafinanceiro.com.br

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave