Petrobras conclui venda de ativos no Peru por R$ 2,6 bilhões

Estatal brasileira deixa o país vizinhos depois de 10 anos de atividade, nas áreas de exploração e produção

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A Petrobras anunciou ter concluído a venda, para a China National Petroleum Corporation (CNPC), de todos os ativos no Peru, por US$ 2,6 bilhões. A etapa final da negociação, segundo a Petrobras, compreendeu a entrada no caixa de US$ 2,2 bilhões, já descontados os impostos devidos. A estatal brasileira deixa o país vizinhos depois de 10 anos de atividade, nas áreas de exploração e produção.

O contrato com os chineses para a negociação havia sido assinado há um ano.

O negócio compreendeu a venda de 100% de um campo produtor de 13 mil barris de petróleo por dia; 100% de um bloco próximo, ainda em fase exploratória; e 46,16% de participação em um bloco operado pela sócia Repsol.

Desde que assumiu, a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, vem colocando em prática um plano de venda de ativos considerados não estratégicos para a companhia, para concentrar-se na exploração e produção no Brasil.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave