CNN vai suspender transmissões na Rússia no fim do ano

Em maio, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, sancionou uma lei que proíbe a veiculação de comerciais via TV paga na Rússia a partir de 1º de janeiro do ano que vem

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

 A rede de TV a cabo norte-americana CNN vai suspender suas transmissões na Rússia em 31 de dezembro deste ano. A informação foi confirmada pela empresa dona do canal, a Turner Broadcasting, ao site "The Hollywood Reporter" nesta terça-feira (11).

"A Turner Internacional está avaliando suas opções de distribuição da CNN na Rússia à luz das recentes mudanças na lei de mídia do país", disse um porta-voz da empresa, em nota. "Enquanto isso, vamos encerrar nossas atuais operações de distribuição. Esperamos retornar ao mercado no momento oportuno."

O comunicado diz ainda que as operações da sucursal da rede em Moscou, a capital russa, permanecem inalteradas.

Em maio, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, sancionou uma lei que proíbe a veiculação de comerciais via TV paga na Rússia a partir de 1º de janeiro do ano que vem -todas as operadoras de TV por cabo ou satélite, nacionais ou estrangeiras, terão de se adaptar à nova legislação.

O argumento dos autores da lei russa é que ela dá igualdade de condições entre os canais de TV paga, que obtêm sua receita por meio de assinaturas e comerciais, e os da TV aberta, cuja receita vem apenas dos anúncios. Redes de TV a cabo criticaram a medida, argumentando que os ganhos com as assinaturas não são suficientes para cobrir seus custos.

O governo russo afirma que, para escapar da proibição imposta pela nova lei, as empresas precisam ter pelo menos uma licença de TV aberta operando no país. Até agora, porém, apenas uma estação local adquiriu um canal aberto com esse fim.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave