Cruzeiro desiste dos 1.871 ingressos oferecidos pelo Atlético

Clube alegou que não recebeu a cota de 10% que teria direito; diretoria celeste chama atitude atleticana de manobra

iG Minas Gerais | THIAGO NOGUEIRA |

O Cruzeiro desistiu dos 1.871 ingressos oferecidos pelo Atlético para o primeiro jogo da final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, no Independência. Segundo nota oficial, o clube informa que foi surpreendido com a oferta de bilhetes, que fica abaixo dos 10% estabelecido pelo Regulamento Geral de Competições. 

De acordo com a diretoria celeste, deveriam ser oferecidos 2.331 entradas. A desistência foi informada à CBF em ofício. O Cruzeiro contesta ainda o prazo estipulado pelo Atlético para que os ingressos pudessem ser comprados pelo clube visitante. O Estatuto do Torcedor prevê prazo de 72 horas.

"A diretoria lamenta ainda que nossa torcida não possa comparecer ao primeiro jogo da final devido às manobras da diretoria do Atlético Mineiro", disse o clube, em nota.

O clube não informou que conduta irá adotar para a partida de volta, no Mineirão. A princípio, o clube deve oferecer uma cota de 10% para o rival. 

Leia tudo sobre: atleticocruzeiromanobraingressos