Bingo clandestino é fechado no bairro Colégio Batista

Material apreendido encheu três caminhões; local vinha sendo monitorado e também já havia sido fechado pelo mesmo motivo; duas pessoas foram detidas

iG Minas Gerais | Gustavo Lameira |

Um bingo clandestino foi fechado na manhã desta terça-feira (11), no bairro Colégio Batista, região Nordeste de Belo Horizonte. A Polícia Militar (PM) agiu em cumprimento a mandados judiciais de busca e apreensão. Duas pessoas foram detidas. Material apreendido encheu três caminhões.

Segundo os militares, o salão em que aconteciam as reuniões dos jogos de azar funcionava em um prédio, em cima do túnel da Lagoinha, atrás de uma igreja evangélica. O local vinha sendo monitorado, mas, também, já havia sido fechado há algum tempo pela mesma prática. Lá, foram apreendidas cartelas, bolas numeradas, além de todo mobiliário, como mesas, cadeiras, painéis e outros objetos, que confirmam a contravenção penal.

Há alguns quarteirões dali, na rua Jacuí, foram detidos dois homens e apreendidas oito máquinas caça-níquel. Um deles seria proprietário desse imóvel, e outro, um cliente, preso em flagrante, jogando nas máquinas. O local tem uma passagem secreta, camuflada por uma parede azulejada. Todo o material apreendido nos dois endereços encheu três caminhões da Prefeitura de Belo Horizonte.

A ocorrência será encerrada na Central de Flagrantes (Ceflan), no bairro Floresta.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave