Estudante é suspeito de abusar sexualmente de 22 garotos no Sul de MG

Suspeito tinha preferência por meninos de 10 a 14 anos; ele chegou a contar à delegada que, quando menor, abusou de uma criança de 4 anos

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um estudante de 19 anos foi preso, nessa segunda-feira (10), suspeito de abusar sexualmente de, pelo menos, 22 garotos em Baependi, no Sul de Minas. O caso foi descoberto depois que uma professora percebeu o comportamento diferente de um dos seus alunos e acionou o Conselho Tutelar.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Simone Alhadas Henriques, o inquérito foi instaurado na última sexta-feira (7). “Recebemos a denúncia do Ministério Público após o Conselho Tutelar enviar um ofício para o órgão. Desde então, começamos a ouvir alguns garotos e chegamos ao suspeito”, explicou a delegado.

O jovem, que realizava alguns serviços como técnico de informática, foi detido em casa e confessou a prática do crime. Ele contou que, ainda menor, chegou a abusar de uma criança de 4 anos. “A preferência dele era por meninos impúberes, que são menores de 16 anos. O jovem, que tinha preferência por meninos de 10 a 14 anos, não informou há quanto tempo abusava das vítimas”, disse Simone.

O homem, que segundo a delegada tinha boa conversa, chegou a se aproximar de algumas vítimas quando ia até a casa dos pais delas para fazer alguma manutenção em computadores. Outras, ele conseguia ter acesso se passando por amigo. “Ele tinha boa conversa. Com algumas crianças chegava a brincar de videogame. Depois de algum tempo, o suspeito começava com os atos libidinosos, como masturbação e coito”, disse.

Durante o depoimento, o suspeito se demonstrou arrependido e envergonhado. A delegada não informou para qual presídio ele foi levado. As investigações continuam e, a princípio, o jovem, que não tinha antecedentes criminais, pode responder por estupro de vulnerável. Caso seja condenado, ele pode pegar de oito a 15 anos de prisão.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave