Em um ano, crime organizado brasileiro lavou R$ 75 mi na Suíça

Dados revelam que os brasileiros usam a praça financeira do país europeu de forma mais intensa que a máfia russa ou o crime organizado chinês, tendo o volume de dinheiro movimentado três vezes maior do que foi identificado com os russos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Dados oficiais da Polícia Federal Suíça revelam que a movimentação de dinheiro para contas secretas na Suíça feitas pelo crime organizado brasileiro só é superada pela Máfia italiana. As informações são do jornal "O Estado de São Paulo".

Segundo investigações da Polícia Federal Suíça, em 2013, as organizações criminosas brasileiras transitaram mais de R$ 75 milhões (29 milhões de francos suíços) por contas em bancos do país com o objetivo de lavagem de dinheiro.

Dados da investigação revelam que os brasileiros usam a praça financeira do país europeu de forma mais intensa que a máfia russa ou o crime organizado chinês, tendo o volume de dinheiro movimentado três vezes maior do que foi identificado com os russos.

No entanto, a liderança permanece com os criminosos da Itália, que movimentaram cerca de R$ 150 milhões pelos bancos suíços no ano passado.

No total, 103 casos foram investigados pelas autoridades suíças. O uso da praça financeira pelo crime organizado internacional envolve o tráfico de drogas, de armas, de pessoas,  de produtos ilegais, prostituição e corrupção.