Organizadores ainda esperam doações para finalizar obra

iG Minas Gerais |

Embora o Décor Solidário tenha atraído, em pouco mais de um mês, cerca de 25 profissionais voluntários, a iniciativa ainda precisa de participantes para garantir que todas as ideias de revitalização sejam colocadas em prática.

A organizadora da reforma, a designer Fabiana Visacro, explica que o respeito às necessidades das idosas exige alternativas na escolha dos materiais. O gesso, por exemplo, como cria muito pó e exige a instalação de andaimes, será substituído por luminárias com vários formatos e intensidades de luz, que ajudam a iluminar o ambiente de maneira mais harmoniosa.

Fabiana garante que essa será apenas a primeira edição do Décor Solidário. “Eu sei que, assim como eu, há muita gente querendo desenvolver um trabalho social, basta apenas um empurrão”.

Serviço. Quem quiser ajudar o projeto Décor Solidário, pode entrar em contato com os idealizadores pelo Facebook (facebook.com/decorsolidario) ou pelo e-mail decorsolidario@gmail.com. (LC)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave