“É revoltante e sataniza o bicho”, diz professor

iG Minas Gerais |

Vidal Haddad Junior, dermatologista da Unesp em Botucatu e um dos autores da obra “Sucuris – biologia, conservação, realidade e mitos de uma das maiores serpentes do mundo”, critica a atitude do naturalista engolido vivo por uma sucuri. “Quando você lê uma notícia dessas, é chocante. A sucuri não faz isso. Não tem caso de devorar gente. É criar uma situação que sataniza o bicho. As pessoas vão pensar que a sucuri engole pessoas. Beira o absurdo. É revoltante. Um naturalista não faria isso”, protesta o professor. Segundo ele, “não dá nem pra saber se o bicho sobreviveu”. O canal garante que a cobra sobreviveu. “Por quanto tempo? Imagina enfiar uma coisa na garganta dela e depois puxar. Ele cria uma situação artificial por causa de três, quatro pontos de popularidade. O que esse rapaz fez é letal, vai matar o animal”, critica Vidal Júnior. O naturalista Paul Rosolie garantiu em sua conta no Twitter que “nunca faria mal a um ser vivo” e convidou seus seguidores a assistir ao programa. (AR)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave