‘Anjo surfista’ do Rio pode ser beatificado

iG Minas Gerais |

História de Guido Schäffer foi contada no livro “O Anjo Surfista”
SERVOSDEDEUS.COM.BR/REPRODUCAO
História de Guido Schäffer foi contada no livro “O Anjo Surfista”

Rio de Janeiro. O Vaticano autorizou a abertura de processo para a beatificação de Guido Schäffer, médico e seminarista nascido em Volta Redonda, cidade no sul fluminense, e morto em maio de 2009, aos 34 anos. A Arquidiocese do Rio fez o anúncio ontem. Agora a Arquidiocese vai instalar um tribunal para dar início ao processo.

Guido morava em Copacabana (zona sul do Rio) e era médico, seminarista e surfista. Havia cursado Medicina na Faculdade Técnica Educacional Souza Marques, de 1993 a 1998. Cursou Filosofia (2002 a 2004) e Teologia (2006 e 2007) no Instituto de Filosofia e Teologia do Mosteiro de São Bento, no Rio. Em 2008, ingressou no Seminário São José para concluir o curso de teologia e cumprir o período mínimo de vida no seminário necessário para a ordenação sacerdotal.

Em 1º de maio de 2009, ano em que concluiria o seminário, foi à praia da Barra da Tijuca (zona oeste) para surfar. Numa manobra acidentada, a prancha atingiu a nuca de Guido, que morreu.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave