Joel desiste, e Orlei vai disputar

iG Minas Gerais |

Wellington Magalhães teria o apoio da base do prefeito Lacerda
MILA MILOWSKI/Câmara - 8.11.2004
Wellington Magalhães teria o apoio da base do prefeito Lacerda

Marcada para o dia 12 de dezembro, quando Belo Horizonte completará 117 anos de fundação, a eleição para a presidência da Câmara de vereadores ganha novos contornos e monopoliza a sessão plenária. Nesta segunda, a reunião terminou sem votação de projetos, como tem sido a marca nos últimos meses, e os vereadores discutiram por mais de uma hora e meia os nomes postos para a disputa.

O segundo vice-presidente da Casa, vereador Orlei (PTdoB), lançou sua candidatura em plenário ontem, tendo como principal fiador o atual presidente, Léo Burguês, do mesmo partido. O nome de Orlei ganhou força com a desistência de Joel Moreira Filho (PTC) que foi ao microfone ontem para negar que seria candidato.

Com isso, o vereador do PTdoB deve concorrer com outro membro da Mesa, o primeiro vice-presidente Wellington Magalhães (PTN), que tem costurado sua candidatura junto aos vereadores insatisfeitos com a gestão de Burguês.

“O Wellington se cacifou, quando segurou a barra em algumas votações de projetos do governo até de madrugada”, disse um vereador. Nos bastidores, os parlamentares dizem que o prefeito Marcio Lacerda (PSB) não tem preferência por qualquer nome da base. “Mas o Wellington acabou se tornando uma pessoa que, no mínimo, ajudou muito o governo”, sugeriu um parlamentar.

Arnaldo Godoy (PT) disse que seu partido também lançaria um nome para a disputa. “Uma terceira via, com proposta de fazer uma Câmara autônoma, independente”, afirmou.

Outro nome ventilado é o da única mulher na Câmara, a vereadora Elaine Matozinhos (PTB). (Lucas Pavanelli)

Pauta

Lentidão. Com foco na eleição do novo presidente e, antes, nas eleições para a Assembleia e Câmara Federal, a pauta de projetos na fila só aumenta na Câmara de BH. São 71 que aguardam votação.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave