MST faz protesto em Betim contra reintegração de posse

Movimento questiona decisão da 3ª Vara Cível, que determina que área seja reintegrada nesta terça-feira

iG Minas Gerais | Felipe Castanheira |

Integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST) realizam nesta segunda-feira (10) um protesto em Betim contra a decisão de reintegração de posse de um terreno invadido no bairro Ponte Alta. Segundo integrantes do movimento, a ocupação abriga 175 famílias e cerca de 100 pessoas participam do ato realizado diante do Fórum de Betim, no centro da cidade. A Polícia Militar informou que o protesto está sendo acompanhando por duas viaturas e policiais a pé e que a situação no local é tranquila.

A 3ª Vara Cível determinou que o terreno ocupado pelos sem terra tivesse a posse reintegrada nesta terça-feira. Segundo integrantes dos MST, o juiz tomou a decisão sem saber que haviam pessoas morando no local. Adriana Santos mora a oito meses na ocupação e diz que as fotos apresentadas no processo mostravam fotos áreas do local antes da ocupação. Desempregada, a mulher de 40 anos participa do ato e alega desejar mostrar na justiça que muitas pessoas moram na área.

O pastor da Igreja Presbiteriana Noé da Silveira, de 44 anos, também participa do protesto e se disse sensibilizado pela situação. "Esta reintegração vai jogar as pessoas na rua, esta manifestação é para que o juiz escute os moradores e busque uma solução junto à prefeitura", defendeu. 

De acordo com a polícia o ato começou por volta das 11h30 e cerca de 60 integrantes participam do protesto.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave