Alimentação melhor traz mais bem-estar

Hoje, Elizabeth está em seu terceiro mês de gravidez, período em que os enjoos são mais fortes

iG Minas Gerais | Raquel Sodré |

A psicóloga Elizabeth Pereira Mendes, 40, está em sua terceira gestação, sempre com acompanhamento nutricional. Da primeira vez, ela seguiu a dieta à risca. “Foi muito bom, porque ela me dava as orientações de acordo com as necessidades daquele período de desenvolvimento do bebê”, conta.  

Já na segunda gravidez, ela deu uma relaxada. “Segui (a dieta), mas não totalmente”, confessa. As diferenças foram nítidas para ela. “Percebi uma piora no bem-estar que senti na gestação. Quanto mais natural a alimentação, melhor você se sente”, diz ela.

Hoje, Elizabeth está em seu terceiro mês de gravidez, período em que os enjoos são mais fortes. “A recomendação da nutricionista é para que eu coma o que eu conseguir, porque não tenho vontade de comer muita coisa”. A dieta, por enquanto, vai ter que esperar. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave