“Dieta da fertilidade” pode aumentar as chances de gravidez

Cardápio privilegia alimentos ricos em ácido fólico, estrogênio e zinco

iG Minas Gerais | Raquel Sodré |

Cuidado. 
Camila procurou uma nutricionista para verificar se estava se alimentando corretamente
NIDIN SANCHES / O TEMPO
Cuidado. Camila procurou uma nutricionista para verificar se estava se alimentando corretamente

Ser mãe é um sonho da maioria das mulheres. Para realizá-lo, hábitos de vida saudável são um importante reforço. A dieta correta ajuda a preparar o corpo para a gestação, auxilia na produção dos hormônios e pode influenciar nas funções ovulatórias.  

“Estudos mostram que pacientes com hábitos de vida saudáveis – não exageram na cafeína ou na gordura, têm Índice de Massa Corporal (IMC) normal, fazem atividade física, não bebem em excesso, não fumam e têm uma alimentação balanceada – têm maior taxa de gravidez, se comparadas àquelas que não têm (hábitos saudáveis)”, explica a ginecologista especialista em reprodução humana Michele Panzan, do Grupo Huntington Medicina Reprodutiva.

Dentre os alimentos mais recomendados, estão aqueles ricos em estrogênio, como brócolis, inhame, batata e couve-flor. “Eles melhoram a qualidade do endométrio, que fica mais receptivo a uma gravidez”, esclarece a médica. As carnes (ricas em ferro e proteínas), frutas e verduras (ácido fólico), e as castanhas (zinco) também fazem parte da dieta indicada para quem deseja engravidar.

A alimentação correta pode ter sido um fator que fez a empresária Camila Pires de Oliveira Faria, 32, engravidar tão rápido. Três meses depois de um aborto espontâneo, ela já estava esperando um bebê novamente.

“A nutricionista entrou logo depois que eu engravidei da primeira vez. Ela introduziu na minha dieta mais folhas verde escuras, castanhas e me ajudou a ter uma alimentação mais saudável de uma forma geral, com mais frutas, legumes e alimentos integrais”, conta.

Camila também eliminou da rotina os refrigerantes, que tomava diariamente. “Como diminuí muito o consumo de cafeína, fiquei uma pessoa mais tranquila”, diz. Hoje, ela espera a chegada de Bernardo, que está em seu quinto mês de gestação.

Para eles. Homens que desejam ser pais também devem adotar um estilo de vida saudável e cuidar de sua alimentação. “Eles também devem ter uma dieta que seja rica em ácido fólico. A substância ajuda na formação da matriz celular, então ele vai formar espermatozoides de melhor qualidade”, explica a médica Michele.

Outra dica é consumir bastante zinco, que ajuda na maturação do espermatozoide e aumenta a fertilização. Os alimentos mais ricos em zinco são as carnes, mas castanhas e tubérculos também têm boa quantidade.

Flash

Suplemento. Não é possível saber quanto de ácido fólico cada mulher irá absorver da alimentação. Assim, é recomenda-se às mulheres que querem engravidar começarem a tomar suplemento de ácido fólico pelo menos um mês antes de tentar a gravidez.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave