Na bola e sem preconceito!

iG Minas Gerais |

LEO FONTES / O TEMPO
undefined

 A Raposa não fazia uma boa campanha na Libertadores. Por isso, era noite para dar uma resposta aos críticos. E para não depender de nenhuma combinação, o Cruzeiro precisava bater os peruano por 3 a 0 ou mais. E assim o fez, sem dó, ainda no primeiro tempo. Mas os mineiros não venceram só na bola; deram uma goleada no preconceito. No Peru, a torcida local tinha praticado manifestações racistas contra Tinga.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave