A voz Celeste

iG Minas Gerais |

Saudações celestes, nação azul. Hoje tem Mineirão, onde a alguns dias duas taças serão levantadas pelo Cruzeiro, o maior das Gerais. O Criciúma não deve dar nenhum trabalho, acredito em vitória tranquila e sem maiores sustos. Vamos lá em busca dessa Tríplice Coroa. Aliás, falando em tríplice, estou ouvindo um burburinho de certo time aí, que está com medo desta final da Copa do Brasil, falando que cruzeirense treme quando vê eles jogarem. Sério mesmo? Caríssimos, entendam, tradição se conquista com história, e história é escrita com títulos, e títulos determinam a grandeza de um clube. Tremam os rivais diante do gigante, é o maior campeão das Alterosas chegando para conquistar o Brasil, semelhante a 2003. Mais alguém por aí sabe como é o sabor de ter uma Tríplice Coroa? Se souber, bem-vindo à elite do futebol. Se não, senta e espera até se igualar!

A voz da Massa Saudações alvinegras. Às vezes, neste espaço, eu e o representante do segundo melhor time de Minas fazemos provocaçõezinhas um ao outro, assim como você, torcedor do bem, faz ao seu colega de trabalho, amigo, familiar etc. Mas tudo no limite da boa convivência, do respeito à vida e à paz, e do direito alheio de escolher o seu time. Certo? Assim sendo, eu peço, encarecidamente, à Massa alvinegra que coopere pela paz durante as finais da Copa do Brasil. Sabemos que este confronto é o mais importante da história do clássico mineiro até aqui. Também é certo que, para nós, torcer pelo Galão é um ato de pura paixão. Mas não podemos esquecer de que, no fundo, futebol é só futebol. Passa o jogo, passa o título, e a vida é o que mais importa. Conto com vocês, amigos, para torcermos feito loucos, porém, não tolerando, de modo algum, baderneiros e violentos entre nós.

Avacoelhada Na próxima quarta-feira, haverá reunião do conselho deliberativo para definição da data da eleição dos membros do novo conselho de administração. Existem mais dúvidas do que certezas sobre a formação do conselho gestor para o próximo triênio. Salum realmente vai sair ou participará de um processo de transição no futebol? Alencar, Francisco Santiago, Paulo Lasmar e Teodomiro Braga vão continuar? Glauco e Batista, que fizeram parte do grupo de apoio, serão os novos componentes? Delson Tolentino, Kouros Monadjemi, Maurício Dias e Mauro Tunes poderão ser outros participantes? Cada dirigente terá função definida com avaliação de meta de desempenho? Em relação à estrutura organizacional dos funcionários, é fundamental a criação do cargo de coordenador da transição sub-23. E contratar outro executivo para o lugar de Alexandre Faria.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave