Com time reserva, Galo vence o Palmeiras e volta ao G4

Tiago e Dodô marcaram os gols do importante triunfo do Atlético no Pacaembu, em São Paulo

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

SP - BRASILEIRÃO/ PALMEIRAS X ATLÉTICO-MG - ESPORTES - Tiago , do Atletico-MG , comemora seu gol durante partida contra o Palmeiras , válida pelo 33ª rodada do Campeonato Brasileiro , no Estádio do Pacaembu , na zona oeste de Sao Paulo , neste sábado. 08/11/2014 - Foto: LUIS MOURA/ESTADAO CONTEUDO
TA09011
LUIS MOURA/ESTADÃO CONTEÚDO
SP - BRASILEIRÃO/ PALMEIRAS X ATLÉTICO-MG - ESPORTES - Tiago , do Atletico-MG , comemora seu gol durante partida contra o Palmeiras , válida pelo 33ª rodada do Campeonato Brasileiro , no Estádio do Pacaembu , na zona oeste de Sao Paulo , neste sábado. 08/11/2014 - Foto: LUIS MOURA/ESTADAO CONTEUDO TA09011
O time reserva do Atlético não tomou conhecimento do Palmeiras, mesmo fora de casa, mandou no jogo e manteve o Galo vivo na disputa pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro. O alvinegro derrotou o Porco por 2 a 0, na noite deste sábado, no Pacaembu, pela 33ª rodada da competição. A equipe mineira não só jogou bem como também encerrou um jejum de quase dois meses sem vencer fora de casa. O último triunfo havia sido contra o Goiás, por 3 a 2, no dia 18 de setembro, pela 22ª rodada.   Com os principais atletas poupados, os atleticanos voltam mais fortalecidos de São Paulo e com o time titular descansado para o primeiro jogo da final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, quarta-feira, no Independência. O zagueiro Tiago e o atacante Dodô, com um golaço, garantiram a vitória. O resultado faz o Atlético saltar de quinto para terceiro, com 57 pontos. Já o alviverde se mantém na 13ª colocação, com 39 pontos.   O jogo. A formação com quatro volantes e a falta de entrosamento do time titular não atrapalharam um bom jogo coletivo do Atlético. O toque de bola qualificado da equipe e a mobilidade de Marion, Eduardo e Dodó, aliados à fragilidade do Palmeiras, deixaram o Galo bem à vontade. Com maior posse de bola, o Atlético foi, aos poucos, furando o bloqueio da defesa do Porco. Depois de muito insistir, o Galo conseguiu abrir o marcador. Aos 38 min, Dodô bateu falta da ponta direita e o zagueiro Tiago, de cabeça, abriu o marcador.   No segundo tempo, o Palmeiras foi para o ataque. Já o Atlético, apostou nos contra-ataques. Com a baixa qualidade e criatividade dos paulistas, o alvinegro aproveitou os espaços e ampliou. Num contra-ataque rápido, Dodô driblou dois marcadores, bateu na saída do goleiro Fernando Prass e garantiu o triunfo atleticano.

Leia tudo sobre: AtléticoGalofutebolPorcoreservasmistoCampeonato Brasileiro