Primeiro dia de Enem tem 65 eliminados por uso indevido do celular

Postagens relacionadas ao Enem foram monitoradas pelo MEC e seus parceiros; ministro da educação lamentou morte de candidata em Olinda

iG Minas Gerais | Da redação |

Estudantes chegaram cedo aos locais de provas
Mariela Guimarães
Estudantes chegaram cedo aos locais de provas

O primeiro dia de prova do Enem 2014 terminou com 65 candidatos eliminados por uso indevido de telefones celulares, segundo o Ministério da Educação (MEC). A classificação "uso indevido" inclui, além do uso do celular nas salas - que é proibido - a publicação de fotos e mensagens a respeito do exame nas redes sociais. Todas as postagens relacionadas ao Enem foram monitoradas pelo MEC e seus parceiros institucionais.

Em comunicado divulgado no site do MEC, o ministro Henrique Paim afirmou que a aplicação do exame transcorreu de forma tranquila nos 1.752 municípios onde foi realizado. No mesmo comunicado, Paim lamentou o falecimento da participante Edivania Florinda de Assis, que sofreu um AVC na escola em que realizaria a prova, em Olinda (PE). O ministro transmitiu sua solidariedade aos familiares

Neste sábado (8), os candidatos responderam às questões de ciências humanas e ciências da natureza.

No domingo (9), serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologias. Os participantes terão cinco horas e 30 minutos para resolver as questões e escrever a redação.

 

Leia tudo sobre: enemeliminadosusocelular