Coreia do Norte liberta dois americanos

Kenneth Bae e Matthew Miller eram os últimos cidadãos americanos presos pelo regime de Pyongyang desde a libertação, no mês passado, de Jeffrey Fowle, morador de Ohio

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Dois americanos que haviam sido presos pela Coreia do Norte foram soltos e estão a caminho de casa na companhia do diretor de Inteligência Nacional, James Clapper, disseram autoridades dos EUA no sábado (8).

Kenneth Bae e Matthew Miller eram os últimos cidadãos americanos presos pelo regime de Pyongyang desde a libertação, no mês passado, de Jeffrey Fowle, morador de Ohio. Fowle ficou detido por quase seis meses depois de deixar uma bíblia em um clube noturno com a esperança de que a obra chegasse à comunidade cristã local.

Miller, da Califórnia, cumpria uma sentença de seis anos de prisão sob acusações de espionagem. Ele foi detido em abril no aeroporto da capital norte-coreana após ter supostamente rasgado seu visto de turista e pedido asilo.

Segundo a Coreia do Norte, Miller queria vivenciar a experiência na prisão para secretamente investigar a situação dos direitos humanos no país asiático.

Bae, do Estado de Washington, é um missionário norte-coreano com problemas de saúde. Preso em 2012, ele cumpria uma sentença de 15 anos por supostas atividades antigoverno.

FOLHAPRESS

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave