Países da Ásia e da região do Pacífico propõem rede anticorrupção

Medida foi anunciada durante um encontro de ministros prévio à cúpula do fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec, na sigla em inglês)

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Países da Ásia e da região do Pacífico apoiaram no sábado (8) a criação de uma rede para compartilhar informações sobre corrupção.

A medida foi anunciada durante um encontro de ministros prévio à cúpula do fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec, na sigla em inglês), que reunirá líderes dos EUA, China, Japão e outros países entre segunda (10) e terça (11) em Pequim, China.

Segundo um comunicado, o objetivo é impedir que qualquer pessoa envolvida em corrupção atue impunemente. Espera-se que os líderes dos países do fórum aprovem o acordo durante a cúpula.

O plano é resultado dos esforços do presidente chinês, Xi Jinping, envolvido em uma campanha que já denunciou mais de 13 mil funcionários por corrupção em 2014.

O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, saudou a decisão, que considerou um "grande passo à frente". 

"A corrupção não só cria condições de concorrência desleal, mas rouba do povo de cada país a crença de que o sistema pode funcionar para todos", disse.

FOLHAPRESS

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave