MEC diz que vídeo com suposta imagem do Enem é falsa

Vídeo com supostas imagens da prova do exame deste ano teria começado a circular na manhã deste sábado por meio do Whatsapp, aplicativo de mensagens

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O Inep, órgão do Ministério da Educação responsável pelo Enem, negou neste sábado (8) a veracidade de supostas imagens da prova do exame deste ano, que começa a partir das 13h de hoje. O vídeo teria começado a circular na manhã deste sábado por meio do Whatsapp, aplicativo de mensagens.

"O Inep informa que o vídeo postado nas redes sociais com suposta prova do Enem 2014 tem conteúdo falso. A PF está apurando os responsáveis", diz o instituto em sua conta no Twitter. No ano passado, também houve boatos sobre vazamento de questões na véspera da aplicação do exame. Na ocasião, um perfil anônimo do Twitter divulgou suposto gabarito de uma das provas do Enem. O governo também negou a veracidade das informações.

O Enem 2014 acontece a partir de hoje em 1,7 mil municípios. Ao todo, 8,7 milhões de pessoas estão inscritas nesta edição e farão a prova em 17,3 mil locais de aplicação. Hoje, serão realizadas as provas de ciências da natureza e humanas.

SEGURANÇA Pela primeira vez, haverá uso de detectores de metais, que poderão ser acionados a qualquer momento no local de aplicação. O uso de qualquer dispositivo eletrônico é proibido. Assim, as "selfies" também são vetadas. Em 2013, 47 estudantes foram desclassificados por postar, em redes sociais, fotos tiradas dentro das salas das provas.

"O mesmo processo que fizemos no ano passado faremos com mais rigor ainda. Qualquer perturbação, mesmo que não seja tentativa de fraude, será coibida", disse o ministro da Educação, Henrique Paim.

"Haverá acompanhamento, ao longo de todo o processo, das redes sociais", reforçou o presidente do Inep, Chico Soares.

FOLHAPRESS

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave