Rival está sempre presente em finais

As emoções do clássico dos clássicos deixam o treinador ainda mais ansioso. “O futebol mineiro está chamando a atenção no Brasil inteiro

iG Minas Gerais | Thiago Prata |

Na quarta-feira, o técnico Levir Culpi sentirá a emoção de disputar sua quarta final de Copa do Brasil na carreira. Junto com o treinador, uma curiosidade. Sempre que o comandante chega a uma final do torneio, o Cruzeiro também está na disputa do título.  

Em duas ocasiões, Levir dirigiu a Raposa numa decisão da competição. Em 1996, foi campeão sobre o Palmeiras. Em 1998, na reedição de dois anos atrás, perdeu para o Verdão.

Em 2000, o técnico e o Cruzeiro estavam novamente na grande final. Só que, naquela vez, em lados opostos. Culpi comandava o São Paulo, que caiu para os celestes no Mineirão.

Quis o destino que a quarta decisão fosse justamente diante da Raposa, só que agora defendendo as cores do Atlético. Enquanto o Galo busca a inédita taça de campeão, Levir tenta comemorar sua segunda conquista da competição nacional.

As emoções do clássico dos clássicos deixam o treinador ainda mais ansioso. “O futebol mineiro está chamando a atenção no Brasil inteiro. É uma decisão inédita, e vem para premiar o trabalho das equipes mineiras”, declarou o comandante. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave