Um vai poupar seus titulares, outro vai manter a base do time

Na rodada do fim de semana anterior ao clássico, técnicos fazem suas escolhas

iG Minas Gerais | Bruno Trindade / Thiago Prata |

Decisão. Levir Culpi fez a escolha de descansar alguns jogadores e apostar em uma equipe formada por reservas
Bruno Cantini/Divulgação – 4.11.2014
Decisão. Levir Culpi fez a escolha de descansar alguns jogadores e apostar em uma equipe formada por reservas

Por mais que atleticanos e cruzeirenses insistam com a ideia de não priorizar uma das duas competições que vêm disputando nesta reta final de temporada, o discurso é parecido. A Copa do Brasil ganhou um peso maior por se tratar de uma decisão inédita entre os dois rivais de Minas.

Na 33ª rodada da Série A, o Atlético irá utilizar vários reservas, já pensando na primeira partida do torneio nacional, na próxima quarta-feira. Já o Cruzeiro, que lidera o Campeonato Brasileiro com cinco pontos de vantagem e está próximo de conquistar o título, pretende mandar a campo o que tem de melhor.

“Realmente é uma opção (escalar time reserva). O elenco está muito fechado, e tenho confiança na escalação. O objetivo é o mesmo. Não se ganha um campeonato com dez ou 12 jogadores, mas sim com um elenco. E eles estão dando provas disso, o time está jogando bem. Nos dá tranquilidade para mexer”, disse Levir Culpi sobre a equipe que ele irá mandar a campo contra o Palmeiras hoje, no Pacaembu.

O volante Rafael Carioca admitiu que o meio-campo pode ser formado com quatro volantes. “O Pierre fica mais trás. Eu e Donizete dividimos a responsabilidade (de marcar e avançar) e o Eduardo joga mais à frente”, afirmou Carioca, que voltará jogar após dois meses se tratando de lesão.

Pelo lado celeste, o técnico Marcelo Oliveira vai esperar o último treinamento, na manhã de hoje, para definir o time. Porém, diferentemente do rival, ele pretende manter a base titular para pegar o Criciúma. “Não vou modificar o time. A base é a mesma e vão estar fora aqueles com propensão a contusão. O Mayke retorna. O Dedé está fora. Já o Everton Ribeiro nós vamos avaliar melhor. A pequena contusão que ele sentiu no jogo contra o Santos já melhorou. Vamos avaliar se ele pode jogar domingo e estar à disposição para quarta-feira”, disse.

O treinador ressaltou o novo peso que ganhou a Copa do Brasil, mas disse que a equipe vai lutar pelos dois títulos. “Para um clube como o Cruzeiro, com muita tradição e conquistas, qualquer campeonato é muito importante e é muito lamentado quando se perde. Não podemos dispensar a liderança que conquistamos com muita luta durante o ano e a possibilidade de vencer o Brasileiro dois anos seguidos. Mas também estamos muito atentos à Copa do Brasil, diante de uma rivalidade tão grande entre dois times que estão encantando o Brasil”, concluiu.

Curtinhas

Suspensos. O Cruzeiro não poderá contar com o volante Lucas Silva e com o atacante Marquinhos no jogo contra o Criciúma. Os atletas estão suspensos por terem levado na última rodada o terceiro cartão amarelo na rodada anterior do Brasileirão.

Reapresentação.O elenco celeste se reapresentou na tarde desta sexta, na Toca da Raposa II, e iniciou os preparativos para pegar o Criciúma. Os reservas foram ao campo e participaram de um treino técnico em espaço reduzido. Os titulares fizeram apenas o famoso trabalho regenerativo. Hoje o técnico Marcelo Oliveira vai orientar o último trabalho antes de encarar o Tigre.

Dedé está fora da partida contra o Criciúma O zagueiro Dedé, que deixou o jogo contra o Santos mais cedo com suspeita de torção no joelho direito, recebeu uma boa notícia dos médicos. Após realizar exame de imagem nessa quinta-feira, não foi constatada nenhuma lesão importante. Porém, o atleta teve um edema ósseo na região, o que coloca em dúvida a sua participação nos próximos jogos da Raposa em 2014. Ele já foi vetado do duelo com o Criciúma neste domingo e pode ficar fora do primeiro clássico da final da Copa do Brasil. Os médicos não consideram o problema grave e disseram que vão aguardar a resposta do jogador para saber se ele terá condições de participar da sequência azul, pensando nas duas competições que o clube joga.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave