Berlim instala muro feito de balões de luz

Alemanha inicia festejos dos 25 anos da queda de barreira

iG Minas Gerais |

O muro com balões de luz substitui o traumático Muro de Berlim
MARKUS SCHREIBE/AP
O muro com balões de luz substitui o traumático Muro de Berlim

BERLIM, ALEMANHA. O muro de Berlim foi construído, em 1961, durante a calada da noite. Erguido inicialmente com arame farpado, rapidamente ganhou concreto, minas terrestres e torres de vigia. A cidade ficou dividida geograficamente por quase 30 anos, e o muro, que separou famílias ao tentar dividir ideologias, tornou-se um dos maiores símbolos da Guerra Fria. Sua queda, em 1989, abriria espaço para o fim da bipolarização política entre Estados Unidos e URSS, socialismo e capitalismo e o caminho para o reencontro de pessoas que passaram anos sem se ver. Para marcar o aniversário da queda do muro, a cidade de Berlim será dividida novamente – mas, desta vez, não será com arames farpados ou blocos de concretos. Uma enorme linha formada por “balões de luz” contornará o caminho que, em 1961, deu espaço ao muro.

A ideia da instalação, chamada de Lichtgrenze (“Fronteira de Luz”) , veio do artista Christopher Bauder e do cineasta Marc Bauder. Com cerca de 16 quilômetros de extensão, será formada por 8 mil balões brilhantes, marcando o caminho original do muro pela cidade.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave