Lula pede mobilização nas ruas

Segundo Lula, a direita está ocupando o lugar historicamente usado pela esquerda nas manifestações de rua

iG Minas Gerais |

São Paulo. A presidente Dilma Rousseff nem sequer assumiu o segundo mandato, conquistado há menos de duas semanas, mas o ex-presidente Lula já se movimenta para pavimentar o caminho de volta ao Planalto em 2018. Nesta sexta, o petista pediu a 59 prefeitos paulistas do partido que “comprem sapatos com sola de borracha bem grossa” e saiam às ruas em defesa do PT, e prometeu que ele mesmo vai rodar o Brasil a partir do ano que vem.  

A reunião com os prefeitos petistas faz parte de uma série de encontros que Lula pretende fazer com setores da sociedade e da política ainda em 2014. A partir da semana que vem, Lula deve conversar com sindicalistas, movimentos sociais e representantes das novas redes e coletivos da juventude.

O pedido de Lula aos prefeitos é uma reação a manifestações que, na semana passada, pediram o impeachment de Dilma e até intervenção militar.

O diagnóstico do ex-presidente é que o antipetismo, principalmente em São Paulo, se tornou o maior empecilho tanto para o segundo mandato de Dilma quanto para a sua possível volta à Presidência em 2018.

Segundo Lula, a direita está ocupando o lugar historicamente usado pela esquerda nas manifestações de rua. O ex-presidente usou uma de suas metáforas para dizer que o PT tem de voltar a ocupar o espaço nas ruas.

“É como andar em um ônibus lotado: se a gente levanta a perna, vem outra pessoa e coloca o pé no lugar”, disse Lula, segundo relatos dos participantes do encontro. O ex-presidente pediu que os mandatários petistas “façam mais política”. “Obra é bom, mas só obra não ganha eleição”, disse o petista.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave