Um homem e seis segredos

iG Minas Gerais | Da Redação |

Versátil: Emílio Orciollo Netto retrata experiencias de seis homens
Divulgação
Versátil: Emílio Orciollo Netto retrata experiencias de seis homens
Apenas um ator, o mesmo espaço cênico e seis personagens. É basicamente essa a estrutura de “Também Queria Te Dizer – Cartas Masculinas”, monólogo que Emílio Orciollo Netto apresenta no Sesc Palladium nos dias 15 (sábado) e 16 (domingo).    Baseada em “Tudo Que Eu Queria Te Dizer”, livro da gaúcha Martha Medeiros, a peça comemora os 25 anos da carreira de Emílio, que continuará no palco após o espetáculo para um bate-papo com o público.   “Imagine o que você quer dizer para o seu chefe ou para seu amante. É um espetáculo que toca na ferida. São seis desabafos de seis homens diferentes”, conta Emílio, que ficou fascinado com as hilariantes e trágicas cartas masculinas presentes na obra. A direção da peça é de Victor Garcia Peralta, que também dirigiu “Tudo Que Eu Queria Te Dizer”, versão com as cartas femininas, encenada pela atriz Ana Beatriz Nogueira.   Para representar as histórias com apenas um ator em cena, a montagem tem como fio condutor o trabalho de um artista plástico. “A história começa com um artista plástico preparando uma instalação com cartas, as que o interessam ele interpreta, as outras ele joga fora”, explica Emílio. Para diferenciar um personagem de outro, grande desafio do formato monólogo, Emílio muda apenas sua performance e a voz, ficando com o mesmo figurino durante toda a apresentação. A iluminação, usada de modo sutil, também contribui para a transição.   “É algo completamente diferente do que já fiz na TV, no cinema e até mesmo no teatro”, conta Emílio, que acaba de filmar “Por Trás do Céu”, longa no qual contracena com Nathalia Dill e que deve chegar aos cinemas em 2015. Na televisão, o ator está iniciando as gravações da minissérie global “Dois Irmãos”, baseada no livro homônimo de Milton Hatoum e também prevista para 2015.   Também Queria te Dizer – Cartas Masculinas Sesc Palladium (r. Rio de Janeiro, 1046, centro, 3270-8100). Sábado (15), às 20h; e domingo (16), às 19h. R$ 50 (inteira).  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave