O ‘entertainer’ está no sangue

iG Minas Gerais | Giselle Ferreira |

Tudo e todos: ator e dançarino Tiago Abravanel agora se arrisca como cantor
Adriano Fagundes
Tudo e todos: ator e dançarino Tiago Abravanel agora se arrisca como cantor

Não é só a paixão pelas múltiplas formas de expressão e de arte que motiva Tiago Abravanel a se desdobrar entre o ofício de ator, dançarino e cantor. Ele também é viciado em entreter e, por fim, mas não menos importante: ele é libriano.

“É isso. Sou de libra e não consigo me decidir por uma única coisa”, brinca o artista – que no último dia 21 de outubro completou 27 anos –, sobre a empreitada de segurar na garganta um show de três horas que ele resolveu encarar recentemente. O espetáculo, de repertório diversificado e totalmente generoso com os mais distintos estilos musicais, foi apropriadamente batizado como “Eclético” e passa pelo Chevrolet Hall na próxima sexta (14).    “O que existe é um desejo de me expressar como artista, de trocar com o público, de testá-lo. Quero poder falar com as pessoas de todas as idades e classes sociais. Acredito que esse trabalho me permite ser eu mesmo”, conta o neto de Silvio Santos, que foi alçado ao estrelato pela interpretação de Tim Maia no musical “Vale Tudo”.  A Tim ele dedica, inclusive, uma boa parte do show – “Acende o Farol”, “Descobridor dos Sete Mares” e “Vale Tudo” estão entre as homenagens. Dividido em cinco blocos temáticos, “Eclético” reúne ao total 40 canções românticas, sertanejas, de pagode, de rock e até de axé.    Praia musical   Hits como “O Meu Sangue Ferve Por Você” (Sidney Magal), “O Amor e o Poder” (versão brasileira de “The Power of Love”, eternizada na voz de Rosana), “Marrom Bombom” (de Ronaldo Barcellos, sucesso do grupo Raça Negra), “Depois do Prazer” (Só Pra Contrariar), “Menina Veneno” (de Ritchie) e “Pro Dia Nascer Feliz” (de Cazuza) se misturam às inéditas “Eclético”, “De Brim” e “Estrada Afora” (todas de autoria de Edu Tedeschi)   O artista, que se define como “alguém que gosta de viver a vida à sua maneira, sem preconceitos, alegre, simpático, espontâneo, que gosta de tudo e de todos, vive de bom humor e aproveita a vida ao máximo”, faz do palco seu espetáculo teatral-festivo e convida a plateia para dançar junto.    “Eu ainda estou buscando a minha praia musical, descobrindo quem sou na música. O fator determinante para a escolha desse repertório foi entender que o que mais gosto na vida é me comunicar com pessoas diferentes”, confessa Tiago, que por causa de uma fratura no pé está se adaptando às botinhas e às coreografias. Ele já prepara, para o ano que vem, um disco autoral, mas adianta que antes devem sair CD e DVD ao vivo da turnê.    Tiago Abravanel Turnê nacional de “Eclético” Chevrolet Hall (av. Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, 4003-5588). Sexta (14), às 21h30. Ingressos a partir de R$ 80 (inteira, 1° lote).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave