Oito mil balões reproduzem muro para celebrar queda

Está prevista a visita do ex-líder soviético Mikhail Gorbachev, responsável pelas reformas nos anos 80 que pavimentaram o caminho para o fim do comunismo no leste europeu

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Uma pequena parte do Muro de Berlim foi recriada às 17h (14h, horário de Brasília) desta sexta-feira (7) por meio de 8.000 balões brancos acesos para abrir a celebração dos 25 anos de sua derrubada.

Às 19h do próximo domingo (9), os balões serão soltos numa grande celebração que aguarda receber dois milhões de pessoas. Neste mesmo horário do dia 9 novembro de 1989, os alemães começaram a derrubar o muro que separava a capital da Alemanha entre Oriental, sob controle soviético, e Ocidental, aliado de Estados Unidos, França e Reino Unido.

Os balões reproduzem 15 dos 156 quilômetros do percurso do muro construído em 1961 e derrubado em 1989. Percorre, entre outros pontos, o Portão de Brandemburgo e a região do Check-Point Charlie, barreira controlada na época pelos aliados do ocidente.

Também contornam a "East Side Gallery" e a rua Bernauer Strasse, áreas que ainda preservam pedaços originais do muro. As celebrações incluem também concertos ao ar livre, exibição de vídeos a céu aberto sobre o período de divisão, passeios turísticos especiais para o dia, entre outras coisas.

Está prevista a visita do ex-líder soviético Mikhail Gorbachev, responsável pelas reformas nos anos 80 que pavimentaram o caminho para o fim do comunismo no leste europeu. A chanceler Angela Merkel é aguardada também nas festividades. O fim da separação alemã acelerou a derrocada do comunismo em outros países do leste europeu.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave