Mancini quer América focado para decisões em casa

Meia quer brindar sua passagem pelo Coelho com uma classificação à Série A; equipe encara o Icasa, neste sábado

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Mancini quer usar sua experiência à disposição do América na reta final
Site oficial/Divulgação
Mancini quer usar sua experiência à disposição do América na reta final

O América segue sonhando com o acesso à primeira divisão do Brasileiro. E para alcançar este objetivo será preciso ganhar do Icasa, neste sábado, às 17h20, no Independência. A partida é tratada como uma decisão da equipe nesta reta final de temporada. Um triunfo poderá deixar a equipe mineira a apenas dois pontos do G4. O cenário imaginado em caso de vitória é ainda mais favorável tendo em vista o compromisso do Coelho na rodada seguinte. O adversário será justamente o Avaí, quarto colocado, no Horto.

Experiente em momentos decisivos, o meia Mancini tenta conter a ansiedade de seus companheiros, que vêm lutando pelo acesso ponto a ponto. E também revela o desejo pessoal de brindar sua passagem pelo Coelho com uma classificação à Série A.

“Eu sonho com isso todos os dias. Vim para o América com esse propósito (voltar à Série A). Não vim passear, nem passar tempo. Vim buscar objetivos. Temos uma grande chance e, em casa, com apoio da torcida, temos que vencer”, afirmou.

A esperança de Mancini e de todo plantel alviverde vem dos tropeços obtidos pelos rivais diretos do América na luta pelo G4.

“O time que arrancar nesta reta final tem grande chance de chegar à divisão principal em 2015. Faz uma semana que a situação do campeonato é a mesma. Nós tropeçamos, mas os nossos adversários também tropeçaram. Então, a tabela está igual. A gente pode decidir isso. Para nós a caminhada é árdua. A gente tem que ser realista, mas sem jogar a toalha. Vamos em busca desse tão sonhado acesso, porque pelo que o América fez, a Diretoria, o que nós estamos fazendo em campo, nós somos merecedores desse acesso. O América vai em busca disso até o final, até quando tiver possibilidade”, disse.

Mais do que nunca, chegou a hora de o América fazer valer seu mando de campo. As vitórias no Independência farão a diferença no momento final, ainda mais com matemáticos projetando a necessidade de uma campanha perfeita do Coelho em seus últimos jogos nesta temporada.

“São nossas últimas cartadas. Não adianta as equipes tropeçarem e o América não fazer o dever de casa. O América, durante a competição, sempre fez muito bem o dever de casa, não é agora, neste momento decisivo, tão importante, que a gente vai deslizar. O América tem que entrar como se fosse uma final mesmo, com atenção mais do que redobrada. Acho que as duas próximas partidas serão fundamentais e irão decidir o nosso futuro. E podemos alcançar o nosso tão sonhado acesso que nós sonhamos”, concluiu. 

Leia tudo sobre: futebol nacionalcampeonato brasileirosérie baméricacoelhomancini