Técnico do Taubaté acredita em jogo decidido no fator psicológico

Cézar Douglas acredita que vibração de sua equipe contra o líder Sada Cruzeiro poderá ser fator fundamental para assumir liderança

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Cézar Douglas espera que sua equipe renda bem, mesmo sem Rapha e Sidão em quadra
DIVULGAÇÃO - FUNVIC-TAUBATÉ
Cézar Douglas espera que sua equipe renda bem, mesmo sem Rapha e Sidão em quadra

 

Apesar de não ser uma partida decisiva, o espírito que o jogo entre Sada Cruzeiro e Funvic-Taubaté, neste sábado, demanda é de uma final. Por isso, Cézar Douglas, técnico do Funvic-Taubaté-SP, quer sua equipe atenta e ligada, com a vibração que uma partida de alto nível merece. A partida acontece ás 17h deste sábado, no ginásio do Riacho, em Contagem. O Sada Cruzeiro está na liderança, a um ponto do adversário, que está logo atrás na tabela.  Quem sabe bem da importância desta vibração é o oposto Lorena, do time paulista, conhecido por inflamar a torcida nas arquibancadas, seja ela a favor ou contra sua equipe. Quando chamado, Lorena costuma corresponder e provocar os torcedores, fato que lhe dá um ânimo a mais para desempenhar seu papel.

Mesmo sabendo que Lorena pode decidir uma partida, Cézar Douglas acredita que o coletivo irá falar mais alto em um jogo que deve ter equilíbrio do começo ao fim.

"Prever o resultado de um jogo como este, com vários jogadores experientes, é quase impossível. Nossa energia precisa ser alto, foi assim que ganhamos o Paulista, um dos nosso objetivos neste começo de temporada. A intensidade precisa ser grande, independentemente do adversário", alerta.

Para ele, o aspecto emocional e psicológico pode sobressair ao técnico. "O comportamento dos jogadores pode ser primordial. Temos que entrar com força total", mostra.