Medina perde na repescagem e é eliminado em Maresias

O brasileiro foi derrotado na repescagem pelo australiano Julian Wilson e não irá disputar as oitavas de final da competição

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Mesmo com o mar forte, Medina conseguiu encontrar algumas boas ondas e avançou direto para a terceira fase da competição
Divulgação/ Facebook
Mesmo com o mar forte, Medina conseguiu encontrar algumas boas ondas e avançou direto para a terceira fase da competição

Líder do circuito mundial de surfe, o brasileiro Gabriel Medina, 20, foi eliminado nesta sexta-feira (7) da etapa de Maresias do WQS, o equivalente à segunda divisão da modalidade.

O paulista foi derrotado na repescagem pelo australiano Julian Wilson por 15,30 a 14,43 e não irá disputar as oitavas de final da competição.

Medina se inscreveu para a etapa de Maresias como preparação para o encerramento da elite do circuito mundial (WCT), que acontece no Havaí entre os dias 8 e 20 de dezembro.

O surfista lidera o ranking com 56.550 pontos, contra 53.100 do segundo colocado, o australiano Mick Fanning, e 50.050 do terceiro, o americano Kelly Slater, 11 vezes campeão do mundo.

Para se tornar o primeiro brasileiro campeão mundial de surfe sem depender de resultado algum, Medina precisa chegar até a final no Havaí. Se perder nas quartas ou na semi, tem que torcer para Fanning não vencer a etapa.

Leia tudo sobre: gabriel medinasurfejulian wilsonkelly slaterwct