Maria Andante, a cachaça

Lançado em clima de polêmica, produto premium deve chegar ao mercado neste mês

iG Minas Gerais | Da Redação |

Nome semelhante ao do uísque Johnnie Walker provocou processo no INPI
Maria Andante / Divulgação
Nome semelhante ao do uísque Johnnie Walker provocou processo no INPI

Detentora de cerca de 700 marcas, entre elas a cachaça Mel de Minas, a Uno Bebidas Finas lança neste mês no mercado de bebidas premium a cachaça Maria Andante.

Produzida em Taboão de Passa Quatro, a bebida é envelhecida por sete anos em carvalho francês. Segundo o fabricante, o produto tem perfume acentuado e aroma complexo, com notas de carvalho e baunilha, além de uma textura e sedosa.

Vendida em versões ouro e prata, a cachaça vai ser vendida em lojas especializadas e supermercados por todo o Brasil. 

Polêmica. Dona da marca de uísque Johnnie Walker, a fabricante Diageo já entrou com uma representação contra a Maria Andante e o caso está sendo analisado no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Em outro caso semelhante, a Diageo ganhou o caso contra a cachaça João Andante, que mudou de nome para O Andante

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave