No Paraná, temporal tem pedras de granizo do tamanho de limões

Além de granizo, as chuvas foram acompanhadas de ventos fortes, que chegaram a 100 km/h em alguns municípios da região, segundo a Somar Meteorologia

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um temporal que atingiu o Paraná na noite de quinta-feira (6) e na madrugada desta sexta-feira (7), com pedras de granizo do tamanho de limões, deixou cinco pessoas feridas e 750 desabrigados no oeste do Estado.

Além de granizo, as chuvas foram acompanhadas de ventos fortes, que chegaram a 100 km/h em alguns municípios da região, segundo a Somar Meteorologia. Casas foram destelhadas e telhados ficaram esburacados pelas pedras.

As cinco pessoas feridas são da cidade de Ampére, no sudoeste do Paraná, onde a tempestade foi mais forte. Algumas delas consertavam os telhados quando se machucaram.

No município, que tem 18 mil habitantes, 1.500 casas foram danificadas. Todos os 750 desabrigados também são de lá. A prefeitura deve decretar situação de emergência nesta sexta (7).

Outras regiões do Estado, como Curitiba, também foram atingidas pelas chuvas, que provocaram queda de energia durante a madrugada.

A Defesa Civil também registrou danos em Foz do Iguaçu, Vera Cruz do Oeste (ambas no oeste do Estado) e União da Vitória (região centro-sul). Lá, a chuva danificou cerca de 300 casas, segundo balanço divulgado na manhã desta sexta-feira.

A previsão do Simepar (serviço meteorológico do Paraná) é que as chuvas se intensifiquem no Estado ao longo do dia, inclusive com ventos e granizo.

Leia tudo sobre: ChuvatempestadegranizoParanátemporalClimapedrasgeloBrasil