Ucrânia denuncia entrada de soldados e armamento da Rússia no país

"Trinta e dois tanques, 16 obuses e 30 caminhões militares Kamaz com tropas entraram na Ucrânia oriundos da Rússia e se dirigem para a cidade de Krasny Luch, em Lugansk", declarou um porta-voz militar ucraniano

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

As autoridades de Kiev denunciaram nesta sexta-feira (7) a entrada de 32 tanques, peças de artilharia e soldados procedentes da Rússia no leste da Ucrânia, reduto dos separatistas pró-russos, onde nas últimas 24 horas morreram cinco militares.

"Trinta e dois tanques, 16 obuses e 30 caminhões militares Kamaz com tropas entraram na Ucrânia oriundos da Rússia e se dirigem para a cidade de Krasny Luch, em Lugansk", declarou um porta-voz militar ucraniano, Andrei Lysenko.

Outra coluna de caminhões que transportam equipamentos de rádio cruzou a fronteira pela passagem de Izvarin, em poder dos separatistas, acrescentou.

O porta-voz também falou de "cinco militares mortos e outros 16 feridos nas últimas 24 horas".